Seu ambiente de trabalho é dinâmico?

Conheça qual a nova avaliação que as empresa estão adotando e como ela impacta no seu desenvolvimento

As regras do ambiente de trabalho estão mudando. Hoje estamos sendo avaliados por outros critérios. Não apenas como somos inteligentes, pela nossa formação ou pelo resultado que já trouxemos. Estamos sendo avaliados pela maneira como lidamos com nós mesmos e com os outros. Ainda, este critério começa a ser mandatório em todos os processos que envolvem pessoas: quem vai ser contratado, quem não vai, quem vai ser dispensado e quem fica, quem ficou no mesmo cargo e quem foi promovido.

Com estas novas regras, ficou mais evidente quem pode se tornar um grande astro e quem é mais propenso a descarrilhar. E não importa a área ou indústria em que se trabalha, atualmente a medição acompanha traços que são cruciais para estar no mercado em empregos do futuro.

Por mais sarcástico que pareça, estas regras estão pouquíssimo relacionadas com o que foi aprendido na sala de aula, mesmo porque as habilidades acadêmicas são em grande parte são irrelevantes para esta norma. Esta nova regra de medição já parte do pressuposto a capacidade intelectual e o know-how já sejam pontos em comum nos candidatos, trazendo o seu diferencial em qualidades pessoais como iniciativa, empatia, adaptabilidade e capacidade de persuasão.

Engana-se quem pensa que se trata de uma modinha e que logo vai passar. Empresas são feitas de pessoas, para atingir objetivos de pessoas, estipuladas para atender e satisfazer às necessidades de outras pessoas. Esta avaliação não é um tribunal momentâneo da gestão.

Os dados colhidos consideram o estudo com dezenas de milhares de pessoas que estão no em todo a variação de mercado de trabalho. Estes dados apresentam com precisão as características e comportamentos do funcionário ideal e conclui que as habilidades humanas compõem a maior parte dos ingredientes para a execução do trabalho, dando-se destaque a função de líder.

Se você trabalha em uma grande empresa, tenha certeza de que já está sendo avaliado por estes recursos, mesmo que não saiba ou tenha pleno domínio deste conhecimento. Se você está buscando uma vaga no mercado, pode ser também que esteja suscetível a esta régua de avaliação, muito embora ninguém vá lhe dizer isso explicitamente.

Seja qual foi seu trabalho, cargo ou sua compreensão de como se desenvolver estas habilidades são essenciais para o sucesso em sua carreira.

Se você faz parte de uma equipe de gestão, você precisa considerar se sua organização promove estas competências ou encoraja a tê-los.

Atualmente coaching é um processo extremamente válido para aprender a lidarmos com nós mesmo e com os outros também. Hoje muitas empresas investem em processos de coaching para seus gestores, visando ampliar a sua capacidade de auto liderança. Considere que, se sua empresa não faz isso por você, você pode (e deve) fazer para você mesmo. Sem desculpas!

O clima organizacional é diretamente impactado por estas competências comportamentais desenvolvidas, proporcionando mais eficácia e produtividade. Você tem capacidade de maximizar a inteligência do grupo, aumentado a interação sinérgica dos melhores talentos de cada pessoa.

Agora, se você trabalha para uma pequena empresa ou para si mesmo, a sua capacidade de atuar em alta performance depende crucialmente de ter estes recursos dentro de você, muito embora isto nunca tenha sido ensinado a você. E não se lamente por isso, porque seu sucesso e o sucesso do trabalho que faz depende, em maior ou menor grau, do domínio destas capacidades.

Gostou do tema e quer saber mais sobre coaching e como ele impacta o seu sucesso, deixe seu contato. Você receberá uma avaliação exclusiva para mapear seu grau de habilidades e seu potencial de crescimento.