De volta para casa – Artigo Revista Bem Estar

Artigo publicado na Revista Bem Estar do Diário da Região em 15 de Setembro de 2013.

O que realmente importa não é o destino final, mas a JORNADA, ou seja, quem nos tornamos no caminho chamado vida. E o primeiro passo é voltar a sonhar. 

            Há momentos em que a lógica não faz o menor sentido. Sabemos onde o coração está nos incitando a ir, e sabemos que devemos seguir.

Os amigos normalmente ficam chocados com a decisão, e a família pode não aprovar o caminho.

O movimento da mudança afeta toda a teia relacional da qual a pessoa faz parte, e a mudança significa a mudança e desconforto dos que estão a sua volta. Poucos aceitam isso facilmente.

            Os outros vão lhe enxergar de mil formas. Você será julgado pela visão externa e pela interna, pois nosso próprio julgamento é duro

Nesse momento, a visão das pessoas que você ama ficam misturados com o seu próprio universo de percepção. Mas esta é a sua jornada, e é para lá que você está indo.

E há ainda dúvidas, medos? Claro, são parte da conquista e do salto para as possibilidades infinitas.

            A condição atual de vida, e a zona de conforto em que você está inserido, será a condição ideal para que os argumentos de permanência ecoem em sua mente.

Existe um universo de pessoas que esperam comportamentos adequados a um determinado padrão. 

Essa expectativa normalmente não incomoda tanto quando a pessoa realmente sabe o que sonha. As dúvidas dos outros servem até como mola propulsora, e a pessoa tem a certeza de que quando realizar seu sonho, virão outros.

            É bem possível que seu sonho esteja relacionado a uma dessas esferas de vida: relacionamento, dinheiro, saúde, realização profissional, espiritualidade, família, contribuição social, qualidade de vida, etc. 

Nesse sentido, Bruce Lee disse:

 

“Um objetivo nem sempre precisa ser atingido, ele serve simplesmente como algo para se visar na vida. O que você almeja é o que você se torna.”

Existe “algo” instigador dentro de cada indivíduo que diz a ele que há muito mais para ser, fazer e ter, exatamente nesta ordem.

O que realmente importa não é o destino final, mas a JORNADA, ou seja, quem nos tornamos no caminho chamado vida. E o primeiro passo é voltar a sonhar.

Seja qual for seu sonho, você sabe como e onde deseja estar. Entretanto, o próximo passo – e fundamental ,  para transformar o sonho em meta é colocar data, agora mesmo.

É assustador definir o quando? Sim. Porque você sabe que precisará agir para realizar, e pode sentir medo de estar agindo errado, ou mesmo medo de não conseguir. Esqueça os medos.

            Contudo, ao definir o quando, você vai agir para estar onde deseja, e estará mais perto, mais seguro e mais feliz com os resultados.

Os ruídos e desentendimentos, as dúvidas que você tem em seu estado atual, em comparação com a visão cristalina de seu sonho realizado, dão a você a dimensão do quanto é inevitável caminhar em sua jornada.

            Aproveite a decisão e caminhe na direção de seu sonho, logo. Rápido! O universo gosta de velocidade na direção do que você deseja.

As pessoas que você ama e estão em sua esfera de convívio mais próxima, poderão não entender você, ou até mesmo se sentirem atingidas, magoadas ou feridas. Elas sobreviverão e encontrarão o seu próprio caminho.

            E se você estiver agindo com felicidade e honestidade consigo mesmo e, acima de tudo, amor, você estará transmitindo todos esses sentimentos. Esteja preparado.

Há uma voz que o acusará de egoísmo, covardia, irresponsabilidade ou qualquer atributo negativo. Essa voz é tanto interna como externa.

            Saltar na direção de seu sonho não significa nada disso. Significa que você rompeu a bolha das expectativas alheias e caminhou na direção da felicidade.

Essa talvez seja a tarefa mais assustadora e empolgante da jornada humana. E só é assustadora porque nos preocupamos se seremos heróis ou vilões.

A saga do herói é um roteiro que prevê o retorno do herói ao lar. Faça de um jeito seu, faça diferente das expectativas. Siga seu coração!

            Como analisa o estudioso Joseph Campbell, em uma das obras sobre mitologia mais apreciadas mundialmente, “O Poder do Mito”:

“Quando você está no caminho da sua bem-aventurança o Universo conspira a seu favor”.

Retorne ao seu lar, o lar verdadeiro.  O lar infinito que existe dentro de você. Nos vemos no topo. Gratidão!

Rogério Martins
Máster Coach Trainer, Criador do Método LPC e CEO da Academia Brasileira de Coaching.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: